Slice 1 Created with Sketch Beta. Slice 1 Created with Sketch Beta. Slice 1 Created with Sketch Beta. Slice 1 Created with Sketch Beta. Slice 1 Created with Sketch Beta. Slice 1 Created with Sketch Beta. Slice 1 Created with Sketch Beta. Slice 1 Created with Sketch Beta. Slice 1 Created with Sketch Beta. Slice 1 Created with Sketch Beta. Rectangle 212 + Rectangle 212 + Rectangle 212 Created with Sketch. Slice 1 Created with Sketch Beta. > Slice 1 Created with Sketch Beta. > Slice 1 Created with Sketch Beta. > Slice 1 Created with Sketch Beta. > Slice 1 Created with Sketch Beta. Slice 1 Created with Sketch Beta. Slice 1 Created with Sketch Beta. Slice 1 Created with Sketch Beta. Slice 1 Created with Sketch Beta. Twitter Created with Sketch Beta. Slice 1 Created with Sketch Beta. Slice 1 Created with Sketch Beta.

17 Jun 2021

Pöyry amplia atuação no setor de energia renovável

As fontes de energias renováveis são alternativas para a diversificação da matriz de energia elétrica, diminuindo a nossa dependência de recursos esgotáveis, principalmente os fósseis, e possibilitando a produção de energia por milhares de anos. Além disso, o aumento dessas fontes contribui com a diminuição da pegada de carbono, oferecendo uma maior sustentabilidade ambiental para o setor energético e toda a sociedade e indústria ligada à ele.

A estimativa é que, até 2024, o número de instalações de fontes de energia eólica cresça cerca de 50%, totalizando 28 GW de capacidade instalada. Já a geração de energia solar deverá subir dos atuais 15 TWh para 53 TWh, um aumento de cerca de 250%, nos próximos 10 anos.

A queda prevista dos custos de produção e equipamentos de energias renováveis, como a solar, fotovoltaica e eólica, deve resultar em uma grande expansão no número de consumidores, sejam industriais, corporativos ou pessoas físicas. Com isso, podemos contar com a implantação de cada vez mais parques eólicos e de geração solar em território nacional nos próximos anos.

Produção de energias renováveis no Brasil

Embora uma parte importante dos componentes e equipamentos de geração de energias renováveis venha de fornecedores internacionais consolidados, o Brasil começa a se destacar e oferecer competitividade no mercado interno e externo na fabricação de itens aerodinâmicos e de sustentação, assim como na produção de painéis fotovoltaicos.

O investimento em novos parques fabris é necessário para que o Brasil amplie a produção de componentes e equipamentos para o setor de energias renováveis, aumentando a oferta nacional destes e alcançando maior competitividade internacional nos próximos anos.

Com a popularização das energias renováveis que está prevista para a próxima década, é provável que aproximadamente 20%, ou 40 GW, seja produção nacional, dependendo dos avanços tecnológicos, dos incentivos governamentais e de questões econômicas, sociais e ambientais.

Contribuições da Pöyry para a geração de energias renováveis

A Pöyry - empresa europeia líder em serviços de engenharia, projetos e consultoria -  tem como missão acelerar a transição para uma sociedade mais sustentável, portanto, a participação no mercado de energias renováveis deve acompanhar naturalmente o crescimento do setor, através da consultoria de engenharia, implantação de projetos e construção de infraestrutura, contando com a expertise internacional para o desenvolvimento de tecnologias de digitalização e soluções de sustentabilidade.

A Pöyry, parte do grupo AFRY, está, atualmente, conectada com o crescimento expressivo do setor de energias renováveis. Globalmente, conta com cerca de 50 especialistas focados na geração solar e eólica, além de mais de 2 mil especialistas no setor de energia ao redor do mundo.

A Pöyry teve participação ativa em grandes projetos nacionais de energias renováveis, contribuindo para a implantação do Projeto Alto Sertão III, um dos maiores parques eólicos da América Latina, e na implantação de importantes parques de geração solar, como o Projeto Assuruá e o Projeto Vale Verde III.

Making Future.